Beta

Peruíbe Infraestrutura Básica

Peruíbe Infraestrutura Básica

Peruíbe Infraestrutura Básica

No que diz respeito à cobertura dos sistemas de abastecimento de água, a distribuição de água do município possui 451 km, atendendo de maneira satisfatória os domicílios de uso permanente na área urbana.  
 O sistema de esgotamento sanitário do município tem abrangência relativamente pequena e constitui-se de rede coletora, elevatórias e uma Estação de Tratamento de Esgoto – ETE (DAEE, 2010). Em 2010, este sistema atendia 26% dos domicílios totais, e contava com 352 km de rede coletora e 8.645 ligações totais. O esgoto era transportado através de 7.964m de emissários terrestres e duas Estações Elevatórias de Esgotos – EEE (DAEE, 2010). A totalidade do esgoto coletado era tratada e não foram identificados sistemas isolados na área urbana. Depois da implantação pelo Governo Estadual dos Projetos ONDA LIMPA, estimase que a coleta de esgotos atinja a marca de 60% dos domicílios.  De acordo com dados atuais da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo SABESP (2018), por meio do Departamento de Controladoria e Planejamento Integrado da Baixada Santista, os atuais índices de cobertura de água no município são de 100%. A cobertura de esgoto é de 80%, e, dentro dessa porcentagem, 100% possui tratamento de esgoto.  
 A gestão dos resíduos de Peruíbe é de responsabilidade da Secretaria Municipal de Obras, Planejamento, Serviços e Infraestrutura Urbana, Agricultura e Meio Ambiente, que tem como atribuições planejar, executar, gerenciar, administrar e fiscalizar os serviços relacionados ao sistema de coleta, tratamento e disposição final dos resíduos sólidos, assim como os serviços de varrição, capinação e limpeza manual das vias e logradouros públicos, entre outros.  O Departamento de Meio Ambiente e a Secretaria Municipal de Educação são responsáveis pelas ações de educação ambiental, e a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social tem iniciativas voltadas para a inclusão dos catadores. Os serviços de coleta, destinação de resíduos sólidos urbanos e a limpeza urbana são terceirizados.  A geração média de resíduos sólidos (com base em dados relativos a toneladas coletadas e não de resíduos gerados) atinge a média anual de 80 toneladas/dia, com picos na alta temporada e feriados prolongados. A coleta convencional de lixo abrange 100% da população do município.  Na região central e comercial da cidade, a varrição é realizada diariamente e nos bairros, sazonalmente.  Os demais serviços são realizados conforme a demanda. A coleta é realizada três vezes por semana nos bairros e em núcleos urbanos; nas estradas vicinais e zona rural, a coleta é realizada semanalmente, em dias alternados. Na alta temporada, os serviços são redimensionados. Em áreas de difícil acesso, a coleta ocorre pela disponibilização de contêineres para entrega voluntária.  A coleta seletiva porta a porta foi implantada no município, por meio de projeto piloto, no bairro Jardim Peruíbe, em 2010. A população abrangida nessa primeira etapa foi de aproximadamente 880 habitantes, de acordo com os setores censitários do IBGE, que geravam cerca de 1.000 kg de RSU por dia, sendo que destes, 120 kg eram recicláveis.  Várias outras ações para aprimoramento da coleta seletiva estão em curso. Entre elas, podemos destacar a previsão modernização do Centro de Triagem, o projeto para criação de uma unidade de compostagem, o programa de coleta de óleo de cozinha e outros módulos do Projeto Peruíbe Sustentável. 



Publicidade
Mídias Sociais
Tempo em Peruíbe
PERUÍBE WEATHER
Publicidade